BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Projeção Astral / Textos projetivos / Somos os mesmos, na terra e no astral!

Somos os mesmos, na terra e no astral!

homen silhueta

Caro amigo,

Deixo-lhe essas poucas palavras com a satisfação de poder abraçar o teu Espírito nas noites libertas de nossos sonhos.

Leve-as a quem puder ouvir, pois apenas um fóton de luz pode transformar um coração, que assim desejar.

Mesmo entre nós – os desencarnados, ainda existem dificuldades de aceitação das leis que regem a relação com as criaturas.

A grande maioria não se dá conta do funcionamento da dinâmica  universal, que compreende todos os seres.

Mas, sabendo que não existe injustiça nas leis de Deus, devemos entender a causa de todo sofrimento por nossas próprias fraquezas!

Por mais que nos esforcemos, o fruto de nossa colheita ainda é relativo ao nosso plantio, e o contrário seria até injustiça…

Aqui, no astral, também, a vida segue a mesma:

De um lado têm aqueles, que aceitam conformados a dor e o sofrimento, sem lutar.

Do outro, os que às rejeitam e até se revoltam, por se acharem injustiçados.

Uns pensam serem privilegiados e sua confiança é tanta, que seguem a vida enganando-se.

Outros sabem de suas deficiências, mas não procuram a melhora, ao contrário, vivem na cegueira, sem criar oportunidades.

Temos alguns, acovardados pelo medo e pela preguiça, temendo o reboliço que causaria suas vidas com o desprendimento da verdade.

Já os atirados e desbravadores, resvalam-se no brio de seus egos inflados; e fantasiosos, perdem-se nos labirintos de sua própria armadilha.

Os rebeldes e desrespeitadores são influenciados e excêntricos. Achando-se diferentes, nada constroem, e se frustram com a chegada da verdade.

Já os humildes e obedientes, às vezes, se cegam com a fé autoritária do dogmatismo religioso, e se distanciam da oportunidade de busca de um conhecimento maior.

Os leões da gula e da luxúria vergastam seus corpos espirituais, minando a capacidade de resistência até ao extremo da doença e do desespero.

Os obstantes do amor, não aprenderam a cultivar os laços sagrados da família, que retifica e resgata as desarmonias do passado.

Os orgulhosos, também são a nossa maioria; não permitem retrucas e, às vezes, até matam pela defesa de sua opinião.

Os vaidosos não perdem o personalismo; valorizando ao máximo suas conquistas, seguem apegados, ainda, aos bens materiais, que adquiriram na terra.

Os mais simples, quando não se permitem corromper e dominar, são atraídos para a sintonia das Consciências maiores, a revelar seus valores adormecidos.

Todos somos assim, indivíduos mais ou menos lúcidos de nossos objetivos, onde cada qual almeja encontrar o seu espaço, mas não sabe exatamente como fazê-lo, mesmo depois de morto!

Na terra ou no astral cada um expressa a sua própria vontade; vivendo no plano físico ou extrafísico, seguem como sempre, removendo os obstáculos ao seu livre arbítrio.

Somos aquilo que pensamos e formamos em nossas mentes ao longo da existência aí na terra.

Como pode ver amigo, não há muita diferença entre nós e os vivos, a não ser pelo fato de não termos mais esse fardo, que é o corpo físico.

A consciência continua a mesma, por isso, quanto mais cedo pudermos lapida-la, melhor!

E chegará o dia, onde idas e vindas, não serão mais necessárias ao Espírito, que aprendeu a se harmonizar com as Leis do Eterno Deus.

-*-

Por: Júlio Nunes (Mensagem recebida Espiritualmente durante um contato que tive com um amigo na dimensão astral)

Check Also

luz brilho

Meditação na luz espiritual

É noite fria, é madrugada… E me deito para meditar. O tempo passa, na vibração ...

obsession-742335_1920

Mensagem Espiritual III- Desabafo

São tantas desavenças, nos constantes atritos com essas almas… Como são difíceis e duras as ...

lovely-floral-garden-1030x772

Mensagem Espiritual II – O Jardim

Madrugada, 20 de setembro 2015. Acordei na dimensão espiritual, em uma espécie de jardim, amplo e ...

papoula

Mensagem aos Assistidos pela dor

Queridos Irmãos, que nessa hora sofrem as dores da carne… Estamos aqui pela misericórdia Divina, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *