BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Poemas

Poemas

Ondas da Criação

ondas

Ondas são partículas pertinentes, E a todos os cantos elaboram; Formando estruturas condizentes, Que todos os seres as ignoram.   Na dinâmica de movimento, Surge a onda reveladora, Pela dança do momento, Dessa massa pensadora.   Tudo segue no ritmo das ondas, Perfilando elementares; Pulsam, envolvem, organizam, As conjunções complexas, ...

Ler Mais »

Doação Assertiva…!

buda

Ah, se gerássemos na mente, Só pensamentos de energia; Compondo incessantes, Vibrações de harmonia…   Expressaríamos clareza, Sem as falhas da inflexão; Entoando com lisura, Firmeza e exatidão!   Aprenderíamos a ouvir, O som da euforia, Que vibra dentro do ser, Transportando alegria!   Ah, se tratássemos do corpo, Não ...

Ler Mais »

Dobra da Vida

Tunel...Dobra da vida

Se tu pensas na morte lenta, E espera à dor assustado, Não perca o ônibus da fé, Não chegue ao ponto atrasado.   É que a vida é muito curta, Não se faz de rogada; Não avisa para o homem, Que vai trocar de morada.   Tampouco permite que ele, ...

Ler Mais »

Ama à Vida!

Nenúfar ..Ama a vida

Ama à vida, sempre querida…! Doce clamor de nossa ventura; Do palco que ela está inserida, Soa à vista, linda aventura…   Ama o dia de sol e de chuva, Do teu trabalho fido e penoso; Nele espera a nobreza d’alma, Naquilo que tens de belo e formoso.   Ama ...

Ler Mais »

Cirína do morro

cirina morro

Triste noite, Ó madrugada, Cirína do morro subia, Sem saber o que aguardava, Do cansaço que lhe invadia.   Voltava feliz por ter cooperado, Na casa dos pais, trabalho dobrado; Mais uma vez por inteiro, Cirína de amor, puro, verdadeiro…   Não ouvia a sombra vadia, Que no escuro lhe ...

Ler Mais »

Navio Tumbeiro

Navio Tumbeiro

Sopram os ventos nas velas caídas; Assombram as noites de tantas feridas. Lá dentro, na tumba do velho tumbeiro, Os negros choravam num laço sisal.   Rebate a proa na costa dos ventos, Soltam gemidos dos desalentos; E as águas tão fortes a subir no convés, Derramam a lama do ...

Ler Mais »

Ventania

ventania

  Vão-se as rosas, vão-se as flores; Sobram espinhos e desamores, Da crueldade ensandecida, Que hoje me move pela vida.   Sentia o lume da esperança, Brilhando formoso no areal… As noites de pura bonança, Longe das cheias – vendaval.   Olhava Maria, menina flor, Inda desabrochando pela vida; Fonte ...

Ler Mais »

Carma

Estrada - karma

          Aos quantos se sentem injustiçados na vida, Resgatando enlaces de outras desditas… Sob a poeira da estrada dos velhos sonhos, Encontram as pedras dos mesmos erros.   E os vemos assim, revendo sedentos, Aqueles tão longos problemas de antes. Aprendem que a sina é mero ...

Ler Mais »

Clamor a Nossa Senhora Aparecida

Nossa senhora Aparecida...

              Oh Senhora, nossa Mãe… És a luz mais pura que o mais puro luar, Que a noite mais límpida do céu estrelar; És a fonte mais bela que um dia jorrou, As águas mais claras que a terra penetrou.   Estás nos anseios ...

Ler Mais »

Voo da alma

voo alma

            Alma livre, desprendida, Lança alto um olhar de fé; Arremete na direção do espaço, Em velocidade, surpreendida…   Impele pra avançar, Rompe o infinito… Vence as barreiras do corpo, Sem medo de adentrar.   Suspira ao lado do amigo Que guiará teu coração; Aproveita ...

Ler Mais »